Fórum

Páginas : 1 2 3 4 5 ... 22

#51 31-07-2021, às 16h36

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/MVhNxd7/Banner-Dorime.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:02 CON:06 DEX:03 INT: 09 SAB: 03 CAR:09
Local: Portões Iteração: Khadija

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Dorime ficou até mais tarde a dormir, na verdade ele estava cochilando enquanto que a treta rolava. Dorime acordou de maneira desagradável quando o dono da pousada foi no quarto dele reclamar e o chutar para fora, ele achava que havia pago a estadia mas acontece que perigo estava vindo e queriam que ele fosse ajudar. O bobo não entendia porque pois afinal, ele era sim campeão mas não era... Bem do tipo que fosse salvar o mundo Dorime não lutava do jeito como eles pensavam... Mas ele também tinha culpa por ficar se gabando e se exibindo como um "bravo campeão do reino", agora tinha se dado mal. Ele via o dragão voando e engolia em seco. Chegando na praça ele viu os guardas queimando com aquele fogo especial. Ele andou um pouco apressado pegando um cajado de madeira que tinha perto do báu concerteza os outros já haviam ficado com as coisas boas, sobrou um pau de madeira para ele, mas tudo bem ele não tinha planos de chegar perto do monstro mesmo. -Hey Shaman, eu posso ajudar. Ele falou para a mulher que estava salvando os guardas então o alquimista pegou em alguns pequenos frasquinhos misturando alguns e então deixou cair uma poção especial em cima de um guarda que estava a arder, só que a reação que o fogo teve foi aumentar ainda mais fazendo o guarda gritar. -Oh, ups. Ele falou apressado e então voltou a reunir alguns líquidos jogando nele o que apagava por fim mas o guarda já parecia que havia virado churrasco mas ele achava que ia ficar bem agora. -Você sabe magia relacionada a água? Ele perguntou curioso, água normal não apagava facilmente aquele fogo mas magia relacionada a isso ele sabia que sim, porque ele só juntou um pouquinho de sua mistura especial com água e felizmente deu bom.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#52 31-07-2021, às 16h54

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/XJnChVQ/Banner-S-nia.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humana - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:02 CON:05 DEX:02 INT: 08 SAB: 05 CAR:10
Local: Greenstone Iteração: Keegan (mensão) > Keahi

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Sónia parou na praça para pegar um dos livros de Greenstone e se retirou para um lugar seguro, apenas espreitando de longe para ver o que seria, e ela não podia ficar mais chocada no que havia acabado de ver, e mulher estava com medo nunca havia visto uma criatura negra tão grande e tão forte a atacar o reino. Ela não era campeã ou guarda o que significava que ela não tinha responsabilidades em ajudar, mas ela queria tentar fazer isso só não tinha como. Sónia considerou ir ajudar os guardas mas já tinha muitas pessoas fazendo isso ela só ficou preocupada em não avistar Sir Cruiser ele era muito forte e valente. Assim que o dragão saiu sobrevoando e jogando fogo nas coisas, Sónia se escondeu atrás de uma carroça. Ela espreitava em profundidade para ver a movimentação foi quando viu uma espécie de um vulto negro no escuro passando a correr por aquele lugar, ela definitivamente ia morrer, não havia visto nenhum espectro humano. Foi quando sentiu um alivio vendo o pirata que atracou no porto recentemente. Sónia fazia alguma força com as mãos de forma felizmente tentando se levantar na madeira da carroça para ficar visível. -Capitão, você veio nos salvar? Ele perguntava feliz mas quando se deu conta caiu de forma atrapalhada de cara dentro da carroça que estava quase cheia de feno. Ela tentava se recompor se sacudindo de forma desengonçada. Se os piratas vieram ajudar então eles teriam uma boa chance.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#53 02-08-2021, às 23h24

Guarda Obsidiana
Sorene
Fugiu de um orc
Sorene
...
Mensagens: 766

Retirado para edição no photoshop

Última modificação feita por Sorene (03-08-2022, às 04h31)


☽☼☾Sou a Sore☽☼☾
https://i.postimg.cc/jdJhbRth/Soresign.jpg

Offline

#54 02-08-2021, às 23h55

Guarda Obsidiana
Sorene
Fugiu de um orc
Sorene
...
Mensagens: 766

Retirado para edição no photoshop

Última modificação feita por Sorene (03-08-2022, às 04h31)


☽☼☾Sou a Sore☽☼☾
https://i.postimg.cc/jdJhbRth/Soresign.jpg

Offline

#55 03-08-2021, às 00h10

Guarda Obsidiana
Sorene
Fugiu de um orc
Sorene
...
Mensagens: 766

Retirado para edição no photoshop

Última modificação feita por Sorene (03-08-2022, às 04h32)


☽☼☾Sou a Sore☽☼☾
https://i.postimg.cc/jdJhbRth/Soresign.jpg

Offline

#56 03-08-2021, às 21h45

Guarda Absinto
Kytära
Mordida de unicórnio dói
Kytära
...
Mensagens: 117

https://64.media.tumblr.com/dc71742aa42b45601595c558a9cd9c06/64270ae917fb89b8-7b/s2048x3072/69da3215b4c2c653f4ee9fe37544b67647b44a7e.png

Com: Finn, Birdy e Krog arremessado -- Em: Arpões


Gael não teve nem coragem de protestar contra as palavras da xamã, parecia tão certa de sua decisão que apenas acatou, logo seguindo com Finn para onde estavam os arpões. Por mais que achasse tremendamente perigoso deixar a morena sozinha cuidando de todos ali não havia tempo para ficar discutindo sobre o que deveriam ou não fazer.

Os momentos que se seguiram foram de uma correria frenética até os arpões e depois a preparação das armas para que pudessem atirar na criatura. Enquanto preparava alguns dos equipamentos para que o elfo atirasse, o que lhe pareceu mais promissor pois torcia para que ele tivesse uma mira melhor que a sua, não deixou de notar que o loiro estava se saindo bem com o exercício braçal de preparar aqueles equipamentos apesar de não aparentar ter tantos músculos
---- Nada mal para um elfo  ---- comentou enquanto girava a manivela de outro arpão. Sentia a estrutura daquela muralha tremer enquanto a criatura tentava arremeter o voo, fazendo um calafrio percorrer a sua espinha imaginando a força explosiva que aquilo tinha. Até mesmo a corda do arpão que foi usado estava tão tensionada que era capaz de quebrar o equipamento a qualquer momento. Precisavam ser rápidos se quisessem imobilizar aquela coisa de uma vez, se não só teriam mais estragos.

---- Tem mais uma pronta.... ---- aqui. O guarda começou sua frase em alto e bom tom, mas ao se virar para o homem parecia que as palavras haviam fugido de sua boca ou mente, enquanto olhava com incredulidade para o que Finn havia feito. Pobre homem. Havia ficado tão chocado com o elfo arremessando o anão para cima daquele dragão negro que não conseguia nem rir, apesar de lhe parecer uma cena cômica ----- Pelos Ceús Finn....o que você fez com ele? ----- indagou correndo para a catapulta onde o loiro e mais um rapaz se encontravam, passando despercebido o fato que se lembrou do nome do elfo.


https://i.ibb.co/dpbxsLJ/Haleth-Wesley.gif

Offline

#57 03-08-2021, às 21h47

Guarda Absinto
Kytära
Mordida de unicórnio dói
Kytära
...
Mensagens: 117

https://64.media.tumblr.com/8019a2bb3fa9d4510ce9696a436a8f31/64270ae917fb89b8-8b/s2048x3072/61a3d28c7fb15038e3932d91aa0f3420f3a0ea0a.png

Com: Wesley --- Em: Greenstone


Realmente, dragões pareciam galinhas, caso as galinhas fossem extremamente ágeis, inteligentes e altamente destrutivas para a cidade. Bem, essa última até poderia ser mesmo, porque a sujeira que aquelas pequenas coisas emplumadas faziam assim como o barulho estridente podiam tirar qualquer um do sério; fora as inúmeras brigas que já presenciou por alguém ter roubado a galinha do outro. Com certeza elas igualmente destrutivas. Entretanto achou melhor guardar os comentários para si, Wesley parecia convicto de sua assimilação e achou até engraçado para o momento. Não queria deixá-lo sem graça.

---- Com toda certeza, cego é a última coisa que eu diria que aquele bicho é ----- na realidade era capaz de estar enxergando melhor que todos daquela cidade juntos. E antes que pudesse completar o seu raciocínio escutou um som metálico atrás de si, observando o inventor arrancar algumas correntes da parede alheia onde estavam. Mas foi a segunda parte da conversa que fez a ruivinha ficar de boca aberta pensando nas possibilidades daquela ideia, imprudente talvez ---- Talvez tenha outro jeito sabe. E-Eu vi arpões quando cheguei a cidade, são bem úteis. ---- comentou apontando para o lado das muralhas, mas sem muito êxito pois o homem já lhe entregava um pedaço corrente para segurar. A elfa olhou o material em suas mãos protestando mais uma vez ---- Eu sou muito bonita para morrer Wesley, tenho só 127 anos ---- mas o homem já estava longe para ouvir, fazendo a mesma bater o pé enquanto seguia para o seu posto. Haleth era corajosa, com toda certeza, mas talvez não a ponto de pular e se amarrar a um dragão raivoso com um homem desconhecido. Não a primeira vista pelo menos.

Ótima ideia Haleth, vai usar um arco no mundo dos mortos. Com certeza esse desvairado vai fazer um arco para mim onde quer que eu vá. Porquê não simplesmente ignorou tudo isso e foi dormir. Enquanto a elfa escalava o outro lado da edificação, até que fácil pelas várias janelas e adornos desenhados, reclamava de forma incessante, já se preparando para o pior.


https://i.ibb.co/dpbxsLJ/Haleth-Wesley.gif

Offline

#58 05-08-2021, às 18h11

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/R6xXn1k/Banner-Grath2.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:08 CON:08 DEX:02 INT: 06 SAB: 03 CAR:05
Local: Greenstone Iteração: Kenari

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
O prateado já havia passado por muita coisa em outros reinos, tanta coisa que ele já não sabia o que lhe fez bem e o que lhe fez mal. No fundo, mesmo ele não querendo acreditar nisso já era algo enraizado nele de sua ordem e de sua familia, ele foi educado a acreditar que todas as coisas aconteciam por um motivo e que com fé tudo iria ficar bem. Agora, ele acreditava que isso era uma mentira para tranquilizar mentes fragilizadas. Ele não se tornou em um guarda por sorte, e sim com treino e dedicação. Shagrath tinha a certeza que aquele poder de Kenari não era limitado, e que um dia após muitos anos de treino e esforço que ela tinha potencial para ter abatido aquele dragão com um ataque assim. Mas essas ideias se perdiam facilmente na cabeça do guarda ao sentir tonturas do impacto e uma dor intensa no seu braço esquerdo. Ouvindo tudo ao seu redor como um som de fundo sendo nítido apenas um grande zumbido, assim que sentiu o peso das vigas e a madeira do constructo em suas costas após uma dolorida queda. Shagrath levantava sua cara do chão com alguns pequenos machucados para tentar avistar novamente a rota do monstro porem sua visão estava desfocada vendo tudo a andar aos círculos. Ele batia com uma mão no chão tentando fazer força para se levantar mesmo tendo muito peso de destroços em suas costas. Com a força que ele fazia conseguiu mover apenas alguns centímetros o que estava em cima de si mas se deixava cair de novo. Ele esticava seu braço direito para a frente e prendia a mão no chão tentando se arrastar dali, mas tudo o que ele fazia eram marcas na terra de suas próprias unhas.  Kenari ainda estava ali e o guarda não queria deixar sua parceira sozinha, talvez ela estive com medo e de certo muito preocupada. Eles pensamentos lhe davam um pequeno surto de adrenalina e apoiando de novo sua mão no chão ele tentava se levantar mais uma vez, levantando ainda mais alto os destroços do que da ultima vez andando um pouquinho para a frente até se tornar minimamente visivél do outro lado, porem o resultado acabou no mesmo, ele sentiu o cansaço e então seu corpo sendo esmagado. Ele esticava seu braço direito novamente e batia com seu punho no chão com um pequeno chilique de raiva... Claro que ele não deveria gastar suas ultimas forças nisso. Dizem que quando alguma pessoa estava prestes a morrer que iria ver flashs da sua vida, bem ou Shagrath iria ficar bom ou isso era mentira. Porque as memoria dele puxava apenas os acontecimentos mais recentes com Kenari. Dela lhe falando que ele não precisava de carregar aquele peso sozinho, e que ela o ajudaria como parceira guarda. A inocência da elfa, sua dedicação em fazer algo que é certo e seu prazer em ajudar e proteger arrancavam um pequeno riso do guarda mesmo numa hora como aquelas, concerteza que ele via um pouco do seu passado "eu" nela. E esse era um sentimento muito bom. Ele fechava a mão deixando esticado apenas o dedo indicativo, repensando um pouco para escrever de modo a outras pessoas do outro lado lessem direito. Então ele desenhava na terra letras que estavam ao contrario para si. Apenas conseguiria algumas palavras então ele queria escolher elas cautelosamente. "Você é especial" Então após um sorriso mais impercetível por sentir a dor dos machucados internos, ele usava suas ultimas forças para usar seus próprios poderes de paladino, algo similar ao truque que fez anteriormente, uma esfera que refletia um pouquinho de luz, como um flash, para Kenari conseguir o localizar pois ele sabia que ela iria o procurar assim que possível. Então Shagrath apoiava de novo sua cara e seu braço no chão sem mais forças para tentar novamente sair daquele lugar onde estava preso.

Última modificação feita por Moisesbe (05-08-2021, às 18h25)


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#59 06-08-2021, às 02h39

Guarda Obsidiana
Sorene
Fugiu de um orc
Sorene
...
Mensagens: 766

Retirado para edição no photoshop

Última modificação feita por Sorene (03-08-2022, às 04h33)


☽☼☾Sou a Sore☽☼☾
https://i.postimg.cc/jdJhbRth/Soresign.jpg

Offline

#60 09-08-2021, às 16h58

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/tzmrKv7/Banner-Wesley.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:07 CON:7 DEX:06 INT: 05 SAB: 05 CAR:02
Local: Greenstone Iteração: Haleth e avistando Krog

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Comparar galinhas a dragões era algo que só uma pedra igual Wesley faria, ele entendia muito pouco de criaturas místicas. Com quem Wesley mais convivia era em pequenas guildas de anões para compartilhar ideias de engenheiros como pequenas máquinas, mecanismos ou armadilhas. De resto, Haleth era a primeira elfa com quem ele sequer conversava e mesmo sendo algo pequeno e redirecionado a trabalho, havia sido a maior conversa que ele teve com alguém nos últimos tempos. E por incrível que fosse não era uma conversa que deixava Wesley constrangido como com maior parte das pessoas dramáticas daquele reino. Wesley virou seu rosto repensando na própria comparação que fez, se sua mão não fosse de ferro concerteza ele se faria um facepalm depois de ouvir suas próprias ideias em voz alta. Ao menos a elfa concordava com ele e isso para ele já era muito mais o que suficiente, temível ou não, poderoso ou não, aquele dragão estava arruinando os negócios de Wesley então na cabeça dele a criatura tinha que ir abaixo. Wesley enrolava as correntes na mão e falava para ela. -Não solte essas correntes aconteça o que acontecer. Ele falava não propriamente por se preocupar com o bem estar dela, mas no fundo tinha um pouco disso, se ela solta-se as correntes seria difícil para Wesley conseguir tentar ajudar se fosse o caso, Wesley tinha uma enorme força e peso físico mais do que aquilo que demonstrava. Ele continuava a subir na estrutura ignorando o aviso de Haleth, o que poderia correr mal? Parecia um plano perfeito. Ele fazia sinal com o polegar para cima apontando para ela, ia correr tudo bem eles só precisavam de subir no bicho, rebentar os olhos dele e se jogavam em algum prédio e podiam usar as correntes para se prender em algum poste ou assim. -Ahh qual é. Cade o seu espirito de aventura? Ele perguntou de modo mais sarcástico claro que a Elfa já deve ter passado por muitas mais aventuras que ele, e a próxima frase dela era a prova disso. Wesley ouviu mesmo já estando longe e após umas risadas bem altas ele gritou para Haleth que estava lá do outro lado de lá subindo na outra estrutura. -Relaxa, no máximo você perde um braço! Ele gritava para ela ouvir exibindo seu braço de ferro, claro que era só uma brincadeira... Mesmo tendo acontecido com ele, mas não foi por culpa de um dragão é claro. Wesley então procurou com os olhos o Dragão e viu que ele já havia sido atingido com um feixe de luz vindo dos guardas e pouco depois, os primeiros arpões, isso deixava Wesley a ranger os próprios dentes pois ele queria aquela Kill para ele e para Haleth, ele queria lucro e não sair no prejuízo com aquele ataque. Ele viu o dragão a estourar com alguns arpões e a acelerar um pouco para passar por ali foi quando Wesley então puxou seu lado das correntes para fazer uma espécie de uma linha barrando o caminho do dragão. Assim que a criatura voava ele batia com o pescoço e com a parte da frente das asas, assim que o centro das correntes eram presas no monstro, Wesley deu um pequeno salto da estrutura se balançando um pouco segurando nelas de um modo a fazer a sua trajectória pelo ar até as costas do dragão onde ele se tentava segurar esperando se encontrar ali com Haleth. -O plano, só precisamos de seguir o plano! Ele gritava pois o dragão voava tão rápido que o barulho do vento o incomodava ele tentava se puxar nas próprias correntes de modo a tentar ir mais para a frente em direção do pescoço do monstro quando ele lá no fundo avistou um guerreiro voando em direção deles e do dragão, ele apenas se segurou no monstro que nem reparou direito na presença deles, Wesley estava tentando compreender o que estava a acontecer.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#61 09-08-2021, às 18h39

Guarda Sombra
AoiHikaru
Criadora de poções
AoiHikaru
...
Mensagens: 2 983

S E R A P H I N A   F L Y N N
https://cdn.discordapp.com/attachments/864585327695364167/868035239044325396/belle.png
21 ANOS ● SÍLFIDE ● BARDA ● CAMPEÃ ● PAN ● 1,63CM

● FOR: O2 ● CON: O7 ● DES: O4 ● INT: O7 ● SAB: O2 ● CAR: 1O ●


INTERAÇÃO: Drakath
LOCALIZAÇÃO: Greenstone


----------------------Seraphina estava habituada a altitudes. O ar era tão parte de si que em nada temia estando a muitos pés de distância do solo, era como estar em casa enquanto Drakath pairava pelos céus, com a barda sobre as costas. —Ah, mas para mim, você é ainda mais fofo que um Pegacórnio — comentou a garota, transbordando de amores. Teria abraçado o draconiano, se suas mãos não estivessem demasiado ocupadas com o alaúde que tirava das costas. Entretanto, a reação do seu pequenino amiguinho fora inesperada pela rosada, que proferiu um “haaam?” em resposta ao gritinho de coelhinho surpreso do moço. —Relaxa, Drakinho, ninguém vai cair daqui — deu um soquinho afetuoso nas costas do draconiano. —Eu estou acostuma com altitudes, sabia? Devia ver como é alta minha terrinha, e eu sou feita de ar — disse com uma risadinha. Não era exatamente verdade, no entanto era próximo disso. Só estaria mais à vontade se aquela coisa trevosa a frente não estivesse empesteando o vento com sussurros incômodos.

----------------------Conforme Drakath avançava mais e mais na direção da onda obscura, menos familiaridade com os ares a sílfide sentia. Aquele ar não era amigo, não mesmo! Agredia seus ouvidos as palavras malignas que acompanhavam aquela coisa, eram sons horríveis, tão ofensivos! E as lamúrias eram insuportáveis. Começava a lhe doer os tímpanos o que ouvia daquele ar, sentia-se tonta. Quando ia cutucar Drakath, percebeu que ele inalava aquilo. —Ooooou, não respira isso não! — disse alarmada. —Esse ar é do mal, eu não sei o que é, mas é ar podre — seu coração disparava no peito, sua voz nervosa quebrava ao falar. Queria sair de perto daquele ar putrefato, o mais depressa. —Magia ou não, o vento que vem junto diz coisas horrorosas! — comentou em resposta. Se Drakath pudesse entender o que o vento dizia, concordaria consigo.

----------------------Seraphina dessa vez optou por se segurar em Drakath enquanto desciam. Depois de chegarem tão perto daquela coisa nefasta que não souberam reconhecer, tudo o que não precisava era sair rolando feito uma batata numa aterrissagem mal sucedida. E por sorte, chegaram em segurança ao chão. Mas, diferente do que imaginavam, não precisaram de muita investigação para descobrir o que a coisa era. O céu se fechava como se uma tempestade de monção fosse descer, o ar maligno e os sussurros que o acompanhava ficavam cada vez mais intenso. —Ora, calem as malditas bocas! — ralhou com o vento, cansada de ouvir aquelas palavras aterrorizantes e ofensivas. E logo, o troço se mostrava. Era tudo tão rápido como uma ventania. Em um instante, aquela coisa gigantesca e horrenda atacava os guardas e ateava fogo em tudo. Fogo esse que chegava perto do seu protegido pequeno Drakath. —Drakath, o fogo! — ela gritou. E no mesmo instante, quase como em um reflexo, tirou o alaúde e tocou alguns acordes. —Nefasto fumigo não será capaz de tocar em meu amigo~ — cantarolou a primeira rima que vinha em sua cabeça, acompanhada das notas musicais que produzia no instrumento. A rima rápida apenas fora capaz de repelir o fogo que vinha na direção do draconiano, impedindo que este fosse acertado pela chama arroxeada. —Essa foi perto! — disse, aliviada com um suspiro. —E aí, algum plano? — mostrou um sorriso tão forçado que chegava a ser cômico.

Última modificação feita por AoiHikaru (11-08-2021, às 23h23)


https://i.ibb.co/1r4hq09/Indra-Dom.gif

Offline

#62 11-08-2021, às 17h47

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/XJnChVQ/Banner-S-nia.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humana - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:02 CON:05 DEX:02 INT: 08 SAB: 05 CAR:10
Local: Greenstone Iteração: Keahi

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Sónia admirava muito este tipo de pessoas super corajosas prontas para bater de frente com qualquer um e com qualquer coisa, ela não tinha esse tipo de dádiva enraizada ela ainda tinha muito que treinar e melhorar pela frente, afinal o que uma sacerdote humana poderia fazer frente a um monstro daqueles? Sem um plano de defesa ou sem uma organização? Ela não havia sido preparada para isso, então ela se preocupava e tinha medo do que o monstro poderia causar. Mas, ela via uma possível salvação. Ela ouviu algumas histórias do Capitão da Vingança Sangrenta e essas histórias eram mais do que suficientes para encher o seu interior de esperanças. Na primeira vista, de um olhar distante Keahi parecia intenso e focado, porem ela tinha a certeza que ele estava ali para salvar todos afinal, Greenstone sempre era boa para os negócios de todos os tipos. Sónia movia sua cara para os lados como modo de se sacudir e então confirmava para o capitão. -Eu torço por você, pelo valente rei dos piratas para nos livrar desse mal! Ela falou de um modo até um pouquinho infantil automaticamente assimilando tudo o que lhe foi falado sobre a bravura do homem como verdade absoluta, pois ela caia rápido nesses exageros e era facilmente ludibriada. Assim que sentiu a mão dele, Sónia se segurava para não ter um mini-ataque de fã-girl e sorria de uma forma levemente forçada para tentar disfarçar como estava se sentindo interiormente. Ela descia ouvindo a voz dele, como ela podia ajudar? Ela olhou ele tirando o cinto com algumas coisas e assim que ele o levantou ela instantemente levantava as mãos também segurando no objecto. Será que ela podia experimentar? -Sim! Ela falou o "sim" mais rápido que já alguma vez tinha dito e então seguiu ele com os olhos. Ele voltava a ouvir a voz mais grave do homem o vendo tirar a roupa e era como se alguns neurónios dentro da linha de pensamento limitada de Sónia tivessem desligados. Enquanto ele tirava o casaco Sónia levemente mudava o olhar mais para a redor repensando porque ele estava tirando a roupa isso trazia pensamentos mais poluídos para ela se ele queria tirar as roupas ela podia voltar para a carroça de feno e faziam isso lá dentro. Ela ia pegando o casaco mordiscando o seu próprio lábio se o dragão a ataca-se agora ela ia nem reparar. Assim que Sónia ouviu ele tentava disfarçar procurando novamente o monstro com os olhos, então ele estava-se despindo porque ia lutar contra o monstro? Ela daria um facepalm a si mesma se não estive-se as mãos ocupadas. -Você é o mais rápido você é o mais rápido dos sete mares ninguém segura você. Sónia então ria de forma desengonçada e ficava abraçando alguma das coisas agora ela tinha uma função importante, ela mantinha os pequenos tesouros do capitão seguros enquanto que ele abatia o monstro era o plano perfeito e ela podia dizer que ajudou. -Pode confiar em mim eu vou guardar suas coisas com a minha própria vida. Ela falou se virando levando um pouco o casaco levemente contra a sua própria cara como se estive-se cheirando ele, e então ela pegava no chapéu de capitão dele e colocava em sua própria cabeça agora ela podia dizer que já usou um chapéu de um capitão de verdade, não, do melhor capitão! Ela dava alguns passinhos mais para o lado da carroça onde avistou dois dos campeões.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#63 11-08-2021, às 17h51

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/W2vmVZ8/Banner-Drakath2.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngDraconianohttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:10 CON:10 DEX:03 INT: 05 SAB: 03 CAR:01
Local: Greenstone Iteração: Seraphina, Keahi e Sónia

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Drakath estava preocupado ele começava a sentir a presença do monstro, era uma de suas qualidades um dragão podia sentir a presença de outros seres mágicos isso fazia parte da pequena afinidade com magia que Drakath sendo Draconiano tinha. Claro que suas habilidades não eram iguais as de um dragão de verdade pois Draconiano era uma mistura de Dragão com Humano mas isso significava que ele havia herdado um pouco dos dois lados. -Pega o que? Ele perguntava ela havia dito "pegacórnio"? Não foi isso o que ele disse ou foi? Ele ainda tinha que treinar aquele sotaque. Ele olhava verificando a barda e realmente, agora que ela havia falado era verdade que ela era uma Sílfide mas ainda assim ela podia cair na mesma e se machucar na mesma então a preocupação mútua entre eles estava lá, para ela Drakath era apenas uma pequena cria, mas nos olhos de Drakath era ela quem precisava de mais proteção como se ele agi-se igual uma espécie de irmão mais velho. Ele navegou para mais longe da fumaça ouvindo os conselhos da barda, mesmo que ela fala-se daquele seu jeito era verdade e ela tinha razão. -Ar pobre?... Ele repetiu para si mesmo, bem isso já era informação o suficiente para ele. A barda falou sobre coisas horrorosas e ele podia ver agora ao longe o monstro surgir para atacar a cidade. Quando estavam em segurança ele de um modo um pouco mais rápido voltava a sua forma de humano, cruzando os braços dando alguma atenção para as defesas. Como humano Drakath usava roupa apenas nas pernas pois ela rasgava com a transformação mas não importava muito para ele ficar de tronco nu, nunca importava o quão forte e musculoso ele era, Seraphina sempre o tratava como se fosse uma lagartixa. Ele ouviu o aviso de Seraphina e ele apenas levantava um pouco as mãos como defesa e então ele sentiu ela a lançar o feitiço especial com aquela rima que ele não sabia nem como reagir mas foi uma cena cómica que só a garota conseguia propor. Ele voltava a abaixar as mãos e falou para ela. -Obrigado. Essa realmente foi perto. Então ele se abaixou um pouquinho e dessa vez sussurrou para ela. -Mas você sabe que eu não queimo né? Ele perguntou casualmente, Drakath era um Dragão do fogo ele não morria queimado igual os guardas, ele observava vendo a trajectória do monstro e já algumas defesas prendendo contra o dragão alguns arpões. Ele então se virava para ela vendo o sorriso forçado e ele soltou uma pequena gargalhada em um tom grave de voz, claro que ele não tinha plano ele podia cuspir fogo de volta contra o dragão mas não serviria de nada. Vendo por trás de Seraphina ele viu dois Wildcarters se reunindo ali, Drakath sentiu uma essencia especial vinda do homem que pelo cheiro ele podia confirmar que não era humano pelo menos não completamente. -Cante para nós e nos dê um feitiço de proteção. Drakath falava e se aproximava da mulher e do tal capitão. O draconiano fez apenas um pequeno olhar para ele e então falou para o outro homem. -कप्तान।. Vamos derrubar ele. Assim que falou Drakath deu alguns passos para trás convidando o Feral a se juntar a ele, Drakath confiava plenamente nas proteções de Seraphina então para ele não era preciso um plano de ataque e apenas atacar. Drakath apoiou suas mãos no chão andando com patas dianteiras ele voltou a sua forma de Draconiano e levantou voo de novo, dessa vez sem Seraphina. Então após bater as assas ele seguia contra o dragão tentando atacar ele com mordidas e com as suas garras esquivando um golpe dele com a cauda em pleno ar e aquele fogo roxo, que mesmo não causando dano a Drakath ele não queria pagar para ver.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#64 11-08-2021, às 22h09

Guarda Absinto
Kytära
Mordida de unicórnio dói
Kytära
...
Mensagens: 117

https://64.media.tumblr.com/8019a2bb3fa9d4510ce9696a436a8f31/64270ae917fb89b8-8b/s2048x3072/61a3d28c7fb15038e3932d91aa0f3420f3a0ea0a.png

Com: Wesley e menção ao Krog --- Em: Greenstone – dragão?

Cada vez que parava e olhava para Wesley o mesmo sinalizava para subir ainda mais e oras, daqui a pouco estariam no telhado; ou no céu mesmo. Um calafrio percorreu sua espinha ao imaginar as possibilidades de perder alguma parte do seu corpo ou do corpo inteiro, que no caso seria a sua morte ---- Pelos céus Wesley, não quero perder um braço. ---- esbravejou do outro lado da rua enquanto subia. Logo se deu conta do quão hostil aquela frase poderia ter sido, afinal ele perderá o braço e com certeza não foi por vontade própria. Tossiu para limpar a garganta e se retratou o mais rápido possível, torcendo para que ele não tivesse ouvido bem a primeira parte da frase ---- Afinal você me deve um arco e não um braço, ou vai querer ficar devendo duas coisas hein? ----Seu tom era um pouco brincalhão, mas não teve coragem de virar o rosto para olhar o moreno, apenas deixou por isso mesmo.

Isso é suicídio e não um plano, rebateu a elfa em sua mente. O coração de Haleth palpitava cada vez mais ao ver aquela gigante criatura aparecer e correr para a direção onde dois estavam. Repetia sem parar que o dragão poderia mudar de rota ou apenas se dirigir para o céu como estava fazendo antes, mas a cada metro que ele se aproximava ela perdia as esperanças, vendo que o plano de Wesley estava perto de se concretizar. De repente, sentiu seu corpo flutuar para perto da criatura, muito mais arrastada pelas correntes do que pulando por vontade própria. Demorou alguns segundos para se acomodar sobre a criatura mantendo o corpo mais abaixado para tentar evitar os chicotes de vento. A elfa agarrou as correntes o mais forte possível e seguiu na direção que o moreno estava indo, apenas parando para observar o outro homem sobre o animal, incrédula e tentando entender o que estava acontecendo ali. Parecia que eles não eram os únicos loucos a subir naquilo, ou seja lá como o outro homem havia chego ali.

O dragão se mexia de forma desordenava, fazendo movimentos bruscos de repente e evitando algumas rotas que não faziam sentido. Pelo menos não faziam até a elfa notar algumas marcas de lesão na carapaça do animal. A ruiva estreitou os olhos analisando o que tinha ali e como um lampião, algo foi acesso em sua mente
---- Wesley!! ---- gritou para o homem que estava a sua frente ----- As nuvens protegem ele, é óbvio ---- explicava com a voz mais alta que conseguia, esperando ele entendesse que a luz poderia enfraquecer o animal e quem sabe facilitar para eles o abaterem.

Última modificação feita por Kytära (11-08-2021, às 22h11)


https://i.ibb.co/dpbxsLJ/Haleth-Wesley.gif

Offline

#65 15-08-2021, às 02h19

Guarda Obsidiana
Sorene
Fugiu de um orc
Sorene
...
Mensagens: 766

Retirado para edição no photoshop

Última modificação feita por Sorene (03-08-2022, às 04h34)


☽☼☾Sou a Sore☽☼☾
https://i.postimg.cc/jdJhbRth/Soresign.jpg

Offline

#66 17-08-2021, às 23h44

Guarda Obsidiana
Bohom
Mordida de unicórnio dói
Bohom
...
Mensagens: 79

https://cdn.discordapp.com/attachments/861402424441962497/877382000451936276/BT4.png

Offline

#67 19-08-2021, às 18h13

Guarda Sombra
AoiHikaru
Criadora de poções
AoiHikaru
...
Mensagens: 2 983


I N D R A   D A L P H I N A M I
https://cdn.discordapp.com/attachments/853507316795179008/868305810860691496/indra.png
23 ANOS ● TRITÃO ● HUNTER ● CAMPEÃO ● GRAY ● 1,72CM/2,35CM

● FOR: O2 ● CON: O7 ● DES: 1O ● INT: O4 ● SAB: O6 ● CAR: O3 ●


INTERAÇÃO: Obey
LOCALIZAÇÃO: Greenstone


----------------------A vontade de simplesmente dar meia volta e correr a todo vapor dali assolava o jovem tritão. Que, custosamente, resistiu ao ímpeto. Mesmo que o breve sorriso – que não fugira dos olhos atentos do platinado – reconfortasse ao menos um pouquinho sua imensa timidez por ter se aproximado, Indra ainda carregava uma ponta de incerteza consigo. O rapaz não dizia uma única palavra. O que fazia que sua mente questionar se sua brilhante cabeça de concha tinha dito alguma besteira, ou se apenas se precipitara em tomar uma iniciativa de conversa. Nessas horas, tudo o que Indra mais queria era realmente ter uma concha para se esconder dentro. Entretanto, começou a supor que, talvez, o de cabelos negros não falava. Todas as suas respostas eram gestuais, e o tritão grava bem elas.

----------------------Com as expressões do moreno, era fácil entender que nenhum dos dois sabia do se tratava aquela nuvem obscura estrondosa. Indra deixou escapar um suspiro, mas nem de longe parecia uma queixa ou reclamação, sua expressão era compreensiva, mesmo mesclada ao rubor de vergonha. Afinal, também não fazia ideia do que era aquela coisa. Mas, deixando para descobrirem depois –  o que era alarmado não demorar, por sinal – o tritão percebeu o sinal do outro, prestando atenção no que ele fazia, acompanhando sua mão com o olhar. Viu que ele apontou para si mesmo, e depois, escreveu algo no ar. Cuidadosamente fitava a ponta do indicador do de cabelos longos como se fosse uma caneta escrevendo nos ventos, com uma tinta que era quase visível. —O, b, e, y... Obey? — ia acompanhando em voz baixinha, até que a palavra formada moldou seu tom em uma pergunta audível para o outro. —É o seu nome? — questionou, apenas para ter uma confirmação. —Eu me chamo Indra — apresentou-se, com um discreto sorriso de companhia. Indra sempre travava ao dizer seu nome, como se engasgasse, impedindo que pronunciasse seu sobrenome. Era melhor que ninguém o soubesse.

----------------------Diante do chamado de Obey, Indra deu uma rápida olhada para trás antes de segui-lo sem demora, indo para um canto mais afastado da conferência central. De fato, ali parecia um local um tanto vulnerável para estarem. Indra não era especialista em linhas de frente assim, seu estilo era outro. Na surdina e sempre. E talvez, Obey tivesse poderes de clarividência, ou era o que Indra pensara. Tão logo se afastaram do centro, a coisa que assolava os céus se revelava num enorme dragão obscuro – ou o que parecia restar de um – causando estragos às construções e ateando fogo por onde quer que passasse. Os olhos claros do tritão pareciam que saltariam do rosto, de tão arregalados ao contemplar aquela monstruosidade. Em um instinto, seus grandes olhos rolaram para a direção do outro afim de captar sua reação. O espanto dele seria tão grande quanto o seu?

----------------------Entretanto, não era hora de ficarem se entreolhando. Algo tinha que ser feito para deter o Dragão assustador. Mas o que? Só tinha pequenas adagas de madeira, e não sabia voar para conseguir acertar o monstro no céu. Nesse momento, sua gaivota, Seally, pousou em um de seu ombro. Se nem a ave se atrevia a ficar no céu, era um sinal para que atacassem de longe. Como uma mensagem divina de Poseidon, os arpões posicionados pareceram brilhar aos olhos do príncipe do mar. Era tudo o que poderia fazer, valia a pena tentar. —Pros arpões! — gritou antes de sair correndo na direção do que citava. Só tinha um pequeno problema... —Essa coisa não para de se mover — reclamou, tentando mirar o dragão. Prendeu os cabelos em um coque despretencioso, apenas para ter mais precisão. Mas de nada adiantava quando não se era o melhor atirador a distância; flechas e lanças numa foram sua especialidade. E foi então que seus olhos perceberam o livro de magia que Obey tinha em mãos. —Você...faz magia, não é? — perguntou incerto, franzindo levemente o cenho. Não queria assumir a classe do rapaz para não passar vergonha errando. —Consegue travar esse bicho de alguma forma? — seu cenho se franzia ainda mais, sua vontade era de bater as pontas dos indicadores se não estivesse demasiado ocupado com o arpão.

Última modificação feita por AoiHikaru (19-08-2021, às 18h16)


https://i.ibb.co/1r4hq09/Indra-Dom.gif

Offline

#68 04-10-2021, às 00h45

Guarda Obsidiana
Sorene
Fugiu de um orc
Sorene
...
Mensagens: 766

Retirado para edição no photoshop

Última modificação feita por Sorene (03-08-2022, às 04h34)


☽☼☾Sou a Sore☽☼☾
https://i.postimg.cc/jdJhbRth/Soresign.jpg

Offline

#69 22-10-2021, às 17h02

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/s9sR89F/Att.png

Introdução:

O grande dragão finalmente havia sido derrotado por nossos heróis. O grande corpo do monstro havia caído bem no centro da praça, enquanto que muitos queriam estudar a possível essência negra que ainda sobrava no monstro, outros apenas queriam se ver livre daquela carcaça amaldiçoada. O rei Kall Kembley tomou uma decisão, ele mandou cortar as presas, garras e escamas que estavam em boas condições e mandou enterrar os ossos e os restos mortais da fera. Apartir disso Kall conseguiu negociar esses itens de valor em mercados com outros reinos com outros cultos de feiticeiros que procuravam esses itens especiais que pertenceram a um dragão de verdade. Assim, o reino de Greenstone conseguiu dinheiro o suficiente para ter a chance de prosperar. Mandarem reconstruir o reino e para comprar materiais para que o povo tenha novas armas.

Dois dias se passaram. E nossos heróis estão a recuperar dos ferimentos da luta, enquanto que novidades chegam ao reino. A história da guerra entre Greenstone e o mítico Dragão das Trevas ganhou força e começou a ser espalhada pelos reinos. Isso chamou a atenção de vários representantes das fações interessadas em recrutar os campeões e guardas do reino.

https://i.ibb.co/StLF7rD/Greemstone-Light.gif

Um novo dia nasce em Greenstone.

Guardas:
Os guardas são os que mais sofreram, houve muitas mortes que não foram possíveis reverter e apenas 3 novatos se mostraram eficazes e promissores na hora da verdade. Embora sejam boatos e nada esteja confirmado, Kall Kembley tentou trazer "Sir Cruiser" de volta a vida usando a pedra verde do poder, mas ainda não tem mais noticias sobre o líder da guarda então o próprio rei está a organizar o sistema e tácticas da guarda.

Campeões
Os campeões de Greenstone ganharam popularidade e alguma fama sendo considerados os heróis do reino e foram lhes dado um tempo para descansarem e celebrarem, mas é uma questão de tempo até serem convocados para investigar sobre a "Black Stone" e do que eles irão planejar para evitar o ataque de mais monstros das trevas. Wesley e Krog não tiraram esse tempo para descansar, eles se juntaram ao ferreiro do reino para construírem novas armas para os seus colegas.

Wildcard:
Embora tenham ajudado, nota-se que Wildcards foram colocados de lado. E o motivo é lógico do porque que o rei não quer que um forasteiro seja conhecido por "herói" do povo ao invés dos campeões. No entando Wildcards são os que as fações mais estão interessadas em recrutar por terem uma agenda tão livre e por estarem disponíveis e sem responsabilidades. No entando foram lhes oferecidas armas, algum dinheiro e uma estadia para eles ficarem em um estaleiro.

Tutorial


Updates


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#70 23-10-2021, às 00h56

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/tzmrKv7/Banner-Wesley.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:07 CON:7 DEX:06 INT: 05 SAB: 05 CAR:02
Local: Greenstone Iteração: Haleth

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Wesley não estava tão feliz de como terminaram as coisas, ele e Haleth tinham tudo sobre controle quando do nada havia caído um anão gigante do além e havia roubado a sua kill. Mas ele via pelo lado positivo, ao menos o seu reino não havia virado pó. Wesley em alguns breves momentos durante suas pausas parava para refletir mexendo sua mão completamente revestida de ferro. O rei havia prometido que lhe restauraria seu braço, e que Wesley podia voltar a sentir nele e a ser o que era... Mas ele tinha dúvidas se Kall conseguiria manter essa promessa, o rei mostrava dificuldades em usar a tal pedra verde da vida para reviver os próprios guardas do reino, imaginava para fazer algo assim? Pelo menos a cabeça do engenheiro era preenchida com trabalho. Ele tinha planos de fazer uma arma para a elfa, o que não estava nos planos era ele ajudar a fazer armas para metade do reino. Wesley segurava a sua mais recente criação indo para o terraço no telhado da forja do ferreiro. Ele segurava o -Arco- para o testar. Se aproximando mais da borda ele prendia uma mensagem em uma flecha, então ele pairava com a mira pelo reino mantendo um pequeno esforço, claro que ele não era um arqueiro bom mas sabia uma coisa ou outra e dava para o gasto. Ele agradecia a elfa ser ruiva agora e saber a diferenciar de longe. Assim que ele por fim ele afixou Haleth na sua mira ele disparava a flecha com a mensagem perto dos pés dela. Ele não ia arriscar fazer uma gracinha de fazer a flecha passar ao lado da elfa, pois ele podia falhar e acertar nela. Então esperava que a distância fosse curta o suficiente para ela reparar que aquele papel na flecha era para ela ler. E nesse papel dizia: "Hey. Eu tenho um presente para você, me encontre".


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#71 23-10-2021, às 11h45

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/s1H4RdW/Banner-Grath.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:08 CON:08 DEX:02 INT: 06 SAB: 03 CAR:05
Local: Greenstone Iteração: Kenari

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Shagrath teve tempo o suficiente para descansar e refletir, e das duas uma. Ou eles melhoravam as defesas a níveis nunca antes vistos, ou o rei liberava mais gente para procurar a tal pedra negra para destruir ela e cortar o mal pela raiz. Mas ali parado ele não se sentia bem. Ele passou os últimos dias no hospital cuidando de seus machucados, o mais grave parecia no ombro esquerdo, algo interno. Como paladino ele tinha a capacidade de regenerar de forma rápida e eficaz, mas não funcionava tão rapidamente quanto aos ossos. Ele também não queria abusar da sorte pois muitos guardas morreram naquele dia inclusive o seu líder, então ele se considerava abençoado por sair com um braço ligado ao ombro com uma -Órtese-, após ser diagnosticado com uma pequena lesão no ombro. As primeiras coisas que ele ouviu assim que saiu daquele lugar foi as histórias heroicas e exageradas que contavam sobre a luta contra o dragão, ele estava lá e não foi bonito como contam e definitivamente não teve um final feliz. Ele tentava não dar tanta atenção e evitar que pessoas o felicitassem por isso, pois ele sentia que lhe estavam a dar os parabéns por ter sobrevivido, e como se não bastasse tinha outras noticias que ele considerava bem ruins. Representantes de fações querendo recrutar os combatentes do reino, Shagrath fez parte da fação da ordem porque já nasceu lá e porque na altura era nisso que ele foi instituído a fazer... Porem a ideia de Shagrath é que fações ao invés de unir pessoas fazia o inverso, separavam elas por grupos. Mas agora, cabia a ele dar um jeito nelas, porque ele sabia que não eram apenas os Templários com cruzes vermelhas e bonitinhas que andavam por ai, a guilda dos ladrões também vinha atrás e com ela vinham mais problemas e crimes então ele tinha que verificar se tudo ficava bem. Porem antes de retomar ao seu posto ou a seu trabalho, ele precisava de rever Kenari, pensou muito nela enquanto que esteve a ser tratado pelos sacerdotes e também não a deixavam o visitar então ele ficava um pouquinho nervoso pois não era a sua intenção de sumir e não dar noticias nem o menor dos "tou vivo", porem também era algo fora do seu controle. Shagrath passava pela praça até ao castelo onde vários guardas faziam o seu turno, se ela não estive-se por ali talvez ele deve-se ver no muro ou perguntar a algum colega.


https://i.ibb.co/3vFsTmm/Banner-Charlie.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:02 CON:06 DEX:08 INT: 03 SAB: 05 CAR:08
Local: Greenstone Iteração: Seraphina

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Charlie estava aproveitando suas férias mas retornou com a noticia de reino ser atacado e a ponto de ser destruído por um monstro gigante. Claro que ela procurou retornar ela não ia deixar que nenhuma criatura mal-comida rebentasse com um dos poucos lugares no qual ela ainda era bem-vinda, não podiam destruir o reino preferido de Charlie isso era uma certeza. Ela retornou ainda a tempo de ver o corpo do monstro e ela se perguntava a si mesmo se teve sorte ou azar de não ter chegado a tempo, aquela criatura realmente era uma peça de outro mundo. Um dragão de verdade e esse ainda tinha características especiais e deveria ter dado muito trabalho para eles. Ela ficou mais um tempo apreciando o bom lugar que aquilo era, infelizmente ela começava a ficar mais mal quanto a dinheiro e como Wildcard ela não tinha suportes ou ajudas, porem ela tinha a solução perfeita, a sua guilda favorita, a sua famosa Guilda dos ladrões. Era lá onde Charlie conseguia dinheiro para pagar suas luxúrias, suas viagens, roupas... E basicamente tudo o que lhe apetecia comprar. Ela reviu alguém na praça, Seraphina. Charlie conhecia ela por ela ser uma campeã do reino já fazia um bom tempo, será que ela havia ajudado na luta contra o dragão? Concerteza ela queria ouvir a história de uma barda. -Olá, sou eu, a sua amiga Miss Bliss Charlie! Ela falou abraçando o pescoço da barda pelas costas de surpresa, claro que Seraphina era amiga dela, na menor das hiposteses era uma amiga que não sabia que era amiga. Agora que pensando bem ela poderia usar da ajuda da moça, visto que sua parceira a Miss Sparky havia ficado em outro lugar, ela ia precisar de uma nova Partner in crimes. Até que daria pena de tentar influenciar a Seraph a praticar o mal, mas Charlie não tinha uma consciência que se culpava pelas coisas. -Você deve estar tão cansada de bater nesses monstros, o que acha de vir trabalhar comigo para relaxar um pouco? Não fazia o menor dos sentidos pedir para a pessoa relaxar trabalhando, mas não era apenas um estilo de vida, era um hobbie e Charlie gostava do seu trabalho por ser... "Divertido". E podia passar algum do seu tempo livre fazendo isso com a barda.

Última modificação feita por Moisesbe (23-10-2021, às 12h26)


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#72 23-10-2021, às 21h54

Guarda Absinto
Kytära
Mordida de unicórnio dói
Kytära
...
Mensagens: 117

https://64.media.tumblr.com/8019a2bb3fa9d4510ce9696a436a8f31/64270ae917fb89b8-8b/s2048x3072/61a3d28c7fb15038e3932d91aa0f3420f3a0ea0a.png

Com: Ninguém >> Wesley --- Em: Greenstone


Já haviam se passado três dias desde o peculiar evento com o dragão, todos permaneciam abalados com o ocorrido e muito do esforço normal estava sendo desviado para reparos por toda a cidade. Não conseguiu nem mesmo comer de manhã pois o cozinheiro da hospedaria estava ocupado demais ajudando nos reparos, o que fez a elfa irritar-se um pouco mais. Afinal além das dores no corpo tinha que procurar uma comida decente.
Não demorou muito para achar um pãozinho temperado, que apesar de visualmente estranho conseguia ter um sabor bem agradável. A cada mordida a mulher se ressentia sobre o rei, afinal o mesmo não havia feito nem um banquete em comemoração a grande façanha deles. Ou será que havia feito a jovem wildcard não havia sido chamada por não fazer parte dos campeões? Tanto faz, não se importava com essas coisas triviais; ou pelo menos conseguia fingir bem que não se importava.
A ruiva só foi arrancada de seus pensamentos quando percebeu uma flecha cruzando a sua frente e parando poucos centímetros de seus pés, fazendo a mesma vasculhar as casas mais perto a procura de quem havia feito aquilo. Estava a menos de uma semana na cidade, não era possível que alguém a odiasse a ponto de querer machucá-la. Realmente aquele dia estava cheio de surpresas, sem café da manhã e agora um ataque aleatório.
Foi então que notou um pequeno papel grudado a flecha, ”Hey, tenho um presente para você, me encontre.”. A elfa então estreitou os olhos e buscou com mais afinco a origem daquele disparo, notando um vulto sobre o telhado não muito longe de onde estava. Pela sua vasta cartela de conhecidos, o Sr. Inventor e um cachorro da praça, concluiu que o moreno queria realmente matá-la pois somando a escalada nos muros e pular em um dragão, essa era a terceira coisa perigosa que ele havia feito. Fora que a mensagem havia despertado um misto de curiosidade e suspeita na ruiva, pois não conseguia se lembrar qual motivo que ganhar um presente de modo tão repentino e de alguém que não conhecia tão bem.
Haleth então apontou a flecha de volta para o moreno, torcendo que ele para que ele visse e entendesse o gesto, algo entre u vou aí te pegar e qual o que problema comigo, antes de começar a caminhar para onde ele estava.


https://i.ibb.co/dpbxsLJ/Haleth-Wesley.gif

Offline

#73 24-10-2021, às 02h37

Guarda Sombra
AoiHikaru
Criadora de poções
AoiHikaru
...
Mensagens: 2 983

https://cdn.discordapp.com/attachments/853507316795179008/901713172610830366/iconseraph.png
21 ANOS ● SÍLFIDE ● BARDA ● CAMPEÃ ● PAN ● 1,63CM ● OUTFIT

● FOR: O2 ● CON: O8 ● DES: O4 ● INT: O8 ● SAB: O2 ● CAR: 11 ●


INTERAÇÃO: Miss Bliss Charlie
LOCALIZAÇÃO: Greenstone


----------------------Alaúde em mãos, Seraphina ia pelo caminho a dedilhar o instrumento. Tocava uma melodia tranquila, um pouco melancólica, enquanto fazia flutuarem e voarem para longe algumas pedras que haviam restado pelo caminho desde o ataque daquele monstrão body builder brill. —Mas que monstro safado! — disse perdendo o ritmo ao pensar na coisa. A pedra que flutuava caiu no chão com um pequeno estrondo pela quebra do encanto. Era uma sorte que não havia caído na cabeça de ninguém. —Ufa! — a barda suspirou aliviada, passando as costas de uma mão à testa. Isso teria sido um problema. Mas preferiu dar de ombros como se nada tivesse acontecido, voltando a dedilhar o alaúde. Entretanto, preferiu fazer umas pedras menorzinhas flutuarem. Aproveitou para se sentar sobre um pedaço de ruína caído, grande o bastante para usar de banquinho tranquilamente.

----------------------Distraída com sua tarefinha mágica, a sílfide nem sequer notou a aproximação da pessoa que a agarrava pelas costas. —Ah! — deu um breve gritinho com o susto. Lá iam as pedrinhas ao chão novamente. Mas não se incomodou, estava mais interessada em cumprimentar a moça. —Oh, oi tudo bom, você vem sempre aqui? — perguntou bem-humorada. Era a beldade da Charlie! Não a conhecia muito bem pessoalmente, mas era impossível não conhecer de vista alguém tão linda, bem, ao menos que se fosse cego, o que a barda não era. Seus olhinhos iam muito bem, obrigada. —Eu devo ter tocado a invocação de sereia sem querer — comentou com um toque de bom-humor. —Por onde você andou? — perguntou, sua voz soava mais curiosa do que tudo, não queria parecer uma velha chata cobrando algo de alguém. Só estava mesmo interessada. Viagens sempre rendiam boas histórias para contar em forma de melodia. E não se lembrava de ver Charlie havia um certo tempo, se lembraria se tivesse. De certo, Charlie devia ter viajado quando o Sr.Dragão-bizarreza atacou.

----------------------Seu alaúde jazia no colo, suas mãos amigavelmente seguraram os braços que Charlie usava para lhe dar um mata-leão afetuoso. —É...o Sr.Dragão-bizarreza deu um trabalho e tanto — suspirou, abaixando o olhar teatralmente —precisamos de todos nós para nos livrarmos dele — acrescentou pesarosamente. —Mas agora, aquele fedido já era, blééé — disse como alguém que conta uma vantagem, a voz de riso não deixava a duvidar que era uma piada. Não tão piada assim, na verdade. Estava feliz de terem conseguido parar aquela coisa antes que causasse mais estrago. Graças a tanto esforço, as pessoas de Greenstone estavam a salvo, e no fim do dia, era tudo que importava. Um sorriso doce se formou em seus lábios com o pensamento. Entretanto, o convite da colega chamava sua atenção. —Oh, não seria nada mal trabalhar e relaxar — disse, erguendo as sobrancelhas em interesse. —Como funciona isso? — tombou a cabeça, a cabeleira rosada se espalhando no ar e nos ombros. Parecia não fazer muito sentido, trabalhar e relaxar ao mesmo tempo. Mas soava bem, estava pronta para ouvir.

Última modificação feita por AoiHikaru (24-10-2021, às 03h08)


https://i.ibb.co/1r4hq09/Indra-Dom.gif

Offline

#74 24-10-2021, às 21h30

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/tzmrKv7/Banner-Wesley.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:07 CON:7 DEX:06 INT: 05 SAB: 05 CAR:02
Local: Greenstone Iteração: Haleth

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Wesley dava-se por feliz por ela não ter ido embora, ele admitia para si mesmo que puxar ela para um apokalipse das trevas não daria propriamente uma boa impressão inicial, inclusive ele ficou um pouquinho assustado na altura e parando para pensar deveria evitar subestimar alguns monstros, ainda que Wesley estive-se chateado porque foi o anão que deu o golpe fatal, parte dele reconhece que ele até pode ter sido salvo mas isso era algo que ele nunca iria admitir é claro. Wesley ainda precisava de melhorar o trabalho de quipe, e ele tinha a pessoa ideal para isso ali ao fundo, ela parecia que estava querendo furar um de seus olhos com aquela flecha e Wesley soltava uma pequena risada. Ele enfiava o braço por dentro do arco o apoiando contra o ombro pelas costas. E então caminhava um pouco para o lado, chutando para baixo e desbloqueado umas longas escadinhas que iam daquele terraço de onde ele estava até lá ao chão, para que a mulher não precisa-se de entrar no estabelecimento e de falar com os anões da forja, assim era só subir pelas escadas que daria direto ao telhado. Ele olhava para baixo vendo a elfa se aproximando. Então ele se voltava de costas para as escadas indo buscar algo, umas flechas de madeira que ele pegou de uns arqueiros do reino... Sim ele tinha uma prenda para Haleth, mas, já que lhe estava dando um arco ao menos lhe daria a chance de o testar. -Aqui, ruivinha. Ele falou se virando de novo e olhando para lá para baixo aguardando ela subir para conversar com ela. -Prometo que não vamos pular em cima de um dragão desta vez! Ele falou gritando como forma dela ouvir mas então continuou para si mesmo. -Eu acho... Wesley geralmente precisava de anos para construir uma grande confiança com alguém e ainda assim ele sempre ficava pronto para no caso se tiver que literalmente enfiar uma faca nessa pessoa. Ele confiou em gente no passado e ficou sem um braço, mas querendo ou não Haleth era a pessoa com quem ele ficava mais confortável a trabalhar. Pois se ele acompanha-se um campeão, as chances de ele ficar contando coisas ao rei que não deveria eram grandes, falta de privacidade e a obrigação de ter que responder ordens e dar relatórios de tudo a um rei eram as piores partes do trabalho de Wesley como campeão e doía no ego dele.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

#75 25-10-2021, às 23h09

Guarda Sombra
Moisesbe
Indo para a enfermaria
Moisesbe
...
Mensagens: 248

https://i.ibb.co/3vFsTmm/Banner-Charlie.gif
◢◤══════════════════════════════════════════════════◥◣
Humano - https://image.ibb.co/nvhBoe/Star.pngFichahttps://image.ibb.co/nvhBoe/Star.png
FOR:02 CON:06 DEX:08 INT: 03 SAB: 05 CAR:08
Local: Greenstone Iteração: NPCs

◥◣══════════════════════════════════════════════════◢◤
Charlie riu com o pequeno gritinho da barda, considerava ela era muito fofinha e considerava também uma pena ela se dedicar para o reino como campeã mas em paralelo, proteger e animar aquele lugar fazia parte do seu charme. -Vim dar uma olhada no monstro mas já vi que vocês deram um jeito nele. Ela falava demonstrando algum espanto, Seraphine realmente deveria de ser muito boa, tipo daquelas pessoas que pareciam inofensivas mas se você mexer com ela vira um demónio. Charlie ouviu o elogio e ficou em um misto de vergonha e alegria por ouvir algo assim, ela ria sem graça e remexia o cabelo da menina. -Awwwn, não fala essas coisas que eu fico tímida, bobinha. Não era todos os dias que era chamada de sereia e isso fazia Charlie se derreter por dentro, Charlie era "comprada" facilmente com pequenos elogios. -Parei na minha guilda para pagar umas dividas depois fui viajar e conhecer outros reinos, você deveria também, tem lugares muito bonitos. Ela falava com certa felicidade em seu tom de voz, Charlie não era do tipo de ficar parada no mesmo lugar para sempre, podia eventualmente tentar mas não era hora de parar. Ela citava a sua guilda mas não ia falar que era uma guilda de ladrões, claro que não. Charlie liberava ela a soltando enquanto que refletia sobre o dragão, estava espantada que foi preciso toda a gente para derrotar aquele monstro e o pior de tudo é que a presença dele continuava a ser um mistério, pelo menos para a Wildcard. Assim que via o sorriso da barda ela bateu pequenas palminhas e dando alguns pulinhos elas seriam a equipe perfeita. -Bem, deixa pensar... Ela então tentou ficar um pouquinho mais séria levando seu dedo até a boca fazendo um ar pensativo enquanto que observava a barda. -Você... Já alguma vez... Pegou algo emprestado sem a pessoa saber e nunca devolveu? Era uma maneira de perguntar se ela já roubou alguma coisa. Elas podiam "passar a perna" em uns bandidos da guilda, claro que não havia honra entre ladrões naquele caso... Não se isso nunca fosse descoberto.


https://i.ibb.co/bXsdKxq/MB-l-s.gif

Offline

Páginas : 1 2 3 4 5 ... 22